27/03/2015

Alerta: Ditadura x Democracia

Nestes dias difíceis que estamos vivendo, recebi mail do meu irmão, Henrique Mann, mail contendo suas considerações sobre o contexto.      

      "Para quem tem mente pequena e memória curta precisamos lembrar que a Ditadura Militar Brasileira encerrou seu domínio em 1984 com inflação de 215,26 % ao ano e indicando como candidato à Presidência da República o Sr. Paulo Maluf. Os Militares, apoiados por civis brasileiros e forças norte-americanas, nos infligiram o golpe de 1964 sob o argumento de que o “comunismo” tomaria o Brasil. O que não era verdade, pois, no Poder estava o estancieiro Jango Goulart e a próxima eleição seria decidida entre Jucelino Kubichek e Carlos Lacerda, nenhum destes era “comunista”. Durante os mais de 20 anos em que a Ditadura esteve no Poder, muitos desmandos foram cometidos; desvios de verbas; concessão de meios de comunicação de forma escusa; obras faraônicas não explicadas; torturas e mortes de pessoas que nada tinham a ver com o dito “comunismo”, como a estilista Zuzu Angel, que apenas procurava o corpo do filho desaparecido. Há que se dizer que muitas contas em paraísos fiscais foram abertas naqueles dias, inclusive as do candidato da Ditadura, Sr. Maluf. É preciso lembrar, também, que havia vários Ministros da Ditadura que eram chamados de “10%”, em razão das propinas que recebiam pelas obras megalômanas que, várias, restaram inconclusas (pontes para lugar nenhum e “estradas” como a Transamazônica). Se alguém denunciasse isto, naquela época, seria assassinado, torturado e desapareceria nas mãos de gente como o Delegado Fleury e seus asseclas, que chegavam a furtar até relógios das pessoas que matavam. Então, quem pensa que a Ditadura Militar é uma “solução” para o Brasil atual, quer incendiar a casa para matar os cupins! Precisamos de aulas de história para esta pobre gente! Não vou defender o governo atual, sou apartidário. Apenas sei, porque estudo história e vivenciei estes fatos, que hoje, vemos a corrupção e os desmandos denunciados e os criminosos presos. Coisa que nunca se viu antes. Eu gostaria de ver tudo isto esclarecido, desde os tempos em que o Sr. Maluf, candidato à Presidência da Ditadura Militar, foi interventor em São Paulo, quando, “doou fuscas” com dinheiro público para jogadores e distribuiu benesses entre seus correligionários. Gostaria de ver também os depoimentos das pessoas que foram massacradas pelo criminoso regime que se instaurou no Brasil em 1964, e que interrompeu a ordem democrática, criando o ambiente atual em que vivemos. Se o Brasil não tivesse sido atropelado em sua história pela Ditadura Militar, teria se desenvolvido naturalmente, dentro de sua trajetória democrática e constitucional. O que vemos hoje, provavelmente, fosse diferente. Nunca saberemos. Mas a Ditadura Militar foi diretamente responsável por tudo o que ocorreu no Brasil desde 1964 até os dias atuais. Todos os que lutaram pela ordem democrática e o Estado de Direito, desde a constituição da República, passando pela oposição aos regimes totalitários; pela luta por eleições diretas; caras pintadas ou manifestantes livres atuais, merecem Democracia, jamais outra Ditadura."

Henrique Mann – músico e historiógrafo