11/09/2013

11 de Setembro...

Salvador Allende
"No dia 11 de Setembro de 1973, as forças armadas chilenas, comandadas pelo General Augusto Pinochet, atacaram o Palácio de La Moneda e - simultâneamente - vários alvos civis e militares.


O bombardeio de caças, seguida da invasão ao Palácio de La Moneda provocou a morte imediata do Presidente (Socialista) Salvador Allende, eleito pelo voto direto dos chilenos. Já naquele dia, centenas de chilenos foram presos, torturados e mortos. Nos dias seguintes a chamada 'caravana da morte' - comandos militares transportados em helicópteros sequestraram, prenderam, torturaram e mataram lideranças sindicais, poíticos de esquerda e opositores ao golpe militar.


Victor Jara
Nos meses seguintes o Estádio Nacional (onde o Brasil sagrou-se bi-campeão do mundo, em 1962), transformou-se em campo de concentração e milhares de pessoas ali aprisionadas foram torturadas e mortas. O compositor Victor Jara foi trucidado neste local. Seu calvário incluiu ter as mãoes esmagadas a golpes e decepadas por baionetas, antes de ser morto. Pelo horror que se seguiu, uma semana após o golpe, o poeta Pablo Neruda - Prêmio Nobel de Literatura, em 1970 - sofreu um derrame e morreu. Suas casas em Valparaíso e em Santiago foram invadidas, saqueadas e destruídas. Mesmo assim, uma multidão, calada, contrariando as ordens da junta militar, seguiu um cortejo fúnebre que enterrava, não só o poeta, mas a democracia chilena.


Nos anos seguintes foram contabilizados cerca de 5 mil mortos oficiais e perto de 3 mil desaparecidos. Num país de - a época - 4 milhões de habitantes, esta cifra pode receber o nome de  'tabela do genocídio '."

Eu e o Lorenzo - La Moneda - Julho'2007


Em Julho'2007 levei meus filhos para conhecerem um pouco do Chile, sua história e ambiente fantástico. Esta é a porta de entrada lateral do Palácio La Moneda. Por aqui o Presidente Allende entrou para dar seu expediente em 10/09/1973 e saiu morto no dia seguinte pois, na madrugada os facistas aplicaram o golpe de estado.





Eu e o Diógenes - Santiago - Janeiro'2009


Em Janeiro-Fevereiro'009 estive numa expedição exploratória com meu amigo Diógenes e paramos em Santiago. Ele era exilado lá quando aconteceu o golpe de estado e por muito pouco não foi mais uma vítima dos facistas. Numa fuga cinematográfica foi parar na embaixada do México.















Morte de Victor Jara


Neste dia 16, em 1973, Victor Jara foi assassinado pelos facistas chilenos - chefiados pelo General Pinochet - que derrubaram o governo constitucional de Allende. Jara era um poeta, músico, produtor cultural e dramaturgo. Estava ao lado das fôrças progressistas que governavam o Chile e que foram liquidadas pelo golpe de estado do dia 11/09/1973. Victor Jara foi morto à tiros, após ser violentamente torturado e ter suas mãos esmagadas à marretadas e cortadas à golpes de baioneta. Êle entrou para a historia por sua magnífica obra e seus algozes como assassinos e torturadores.

http://www.youtube.com/watch?v=GRmre8ggkcY