11/03/2011

Praia e Grêmio x Caxias


Eu estou na praia, curtindo umas "férias em miniatura", e aproveitei para curtir a pousada em seus últimos momentos do verão. Carnaval, casa cheia, não foi possível arredar o pé daqui nem para asssitir o Imortal TriColor, MultiCampeão - verdadeiramente de tudo. Mas não desgrudei o olho da TV, até o último minuto dos descontos e depois nos pênaltis decisivos.

Deu o Imortal mais uma vez. Este Renato foi o maior jogador do Grêmio em todos os tempos e agora está asfaltando o caminho para tornar-se o maior treinador de todos os tempos. Faz pouco tempo eu escrevi que existe uma espécie de transe mágico que une o Renato ao Grêmio e à sua imensa torcida. O meu filho tem 11 anos e não viu o Renato jogar - só em vídeo. Mas tem adoração pelo ídolo, antes dele ser treinador aqui. O Grêmio tem um projeto para o Renato inaugurar a Arena, em 2012. Eu gostaria que este projeto fosse ainda maior a ponto de tornar o Renato um "Alex Fergunson" por aqui. Gostaria de ver o Renato treinar o Grêmio pelos próximos trinta anos.

"Quem tem Renato não precisa do Ronaldo Assis Moreira".